Rua Sol da Liberdade, 73 Jardim Alvina - São Paulo - Capital CEP: 02.991-220

Instituição responsável: CESB - Confederação do Elo Social do Brasil

CNPJ: 08.573.345/0001-46 - Telefone: +55 (11) 3991-9919

"Movimento Passando o Brasil a Limpo".

© 2019 - Todos os Direitos Reservados

Elo Social Carcerária

Diretoria de Artes

CNPJ: 08.449.157/0001-00

O Projeto Social Carcerária tem como um de seus objetivos, valorizar o poder intelectual que cada encarcerado possui e está impedido de fazer uso pelo fato de estar encarcerado o objetivo proporcionar formas licitas de que ele continue desenvolvendo seu talento e com ele também possa possibilitar o sustento de sua família, além de, conquistar pelo trabalho... Continuar Lendo

 

Cartunista

Promover a socialização e ressocialização de apenados, através de cursos de Cidadania, Vivenciais e Profissionalizantes. Temos no Brasil hoje um número superior a 500.000 (quinhentos mil) encarcerados, dentre os quais, muitos talentos naturais, que estão sendo desperdiçados, mesmo porque se pode apreender um corpo, mas nunca se conseguirá apreender uma mente.

Partindo deste princípio, resolveu a CESB, com o presente projeto, dar uma oportunidade a todos os encarcerados que tenham o dom de desenhar ou que já o sejam desenhistas profissionais de continuarem a exercer o dom ou a profissão que já tinham mesmo estando encarcerado enviando suas obras para a Diretoria de Artes do Elo Social, que a mesma se encarregará divulgá-la e comercializá-la no mercado.

Do registro dos cartunistas: Todos os cartunistas devem se inscrever no projeto e assinar a ficha de registro, concordando com o regulamento do mesmo, ocasião em que receberão o nº de registro na instituição, denominado “Registro CDCES  nº” .

Do registro provisório das obras: Todas as obras que chegarem à Dir. de Artes do Elo Social terão um registro junto à instituição, cuja cópia será enviada para o autor da obra.

Da seleção de obras: As obras serão apresentadas a uma comissão avaliadora e se aprovadas forem, seguirão para revisão final e digitação, sendo certo que as que forem rejeitadas serão devolvidas aos seus autores, com observações para serem melhoradas ou a observação de estarem elas definitivamente descartadas.


Do registro definitivo das obras: Depois de revisadas, serão registradas nos termos da Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998, desta feita em nome da CESB e do escritor da obra, junto aos órgãos competentes, na proporção de 50% dos direitos autorais para cada parte.